Vamos começar com a definição: os call-to-actions, também conhecidos como CTA são textos, imagens, banners ou botões que chamam a atenção do usuário incentivando-o a uma ação.

São vários tipos de ação que essa ferramenta pode orientar, tanto downloads, cadastramento, inscrições para promoções e até pedidos de orçamento e a finalização de uma compra.

Os CTA podem ser usados em múltiplos lugares tanto em seu site, quanto blogs, redes sociais, e-mail, etc.

É importante usar alguns elementos no seus Call-to-Actions para garantir a sua efetividade.

  • Design Atraente: esse elemento é fundamental, pois para o usuário clicar no CTA ele precisa antes de tudo vê-lo e para isso o CTA precisa chamar a atenção do usuário.
  • A chamada deve incentivar a ação: o texto do seu CTA deve ser atrativo e incentivar a ação.
  • O Valor deve ser claro: as pessoas precisam saber exatamente o que vão receber ou o que irá acontecer ao clicar no CTA.
  • Destino específico: o ideal é que o CTA leve o usuário para uma página específica destinada exclusivamente a este CTA, com essa estratégia terá melhores resultados, ainda mais se trabalhar com uma landing page.
  • Hora certa: o CTA deve ser usado no momento certo do ciclo de compra do usuário. Não adianta colocar um CTA de venda se o seu visitante está no início do ciclo de compra. Nesse momento o ideal é oferecer, por exemplo, um e-book para ele. Assim terá melhores taxas de conversão.